A fila anda...

Às vezes fico pensando o que faz certas pessoas pararem no tempo. Estacionarem como um automóvel na garagem. Se dizem que é para frente que se anda, que o mundo gira, que a fila anda,  por que parar ?

Infelizmente me deparo todos os dias com pessoas que não decolam. Seja por falta de oportunidade ou por falta de desejo, por pura acomodação. Esta última alternativa normalmente é a mais provável.  Estaciona-se no tempo para não ter que provar o desconhecido e arriscar-se em terrenos não dominados, o conhecido é mais confortável, embora nem sempre o caminho que trará frutos melhores, mas ainda assim o mais reconfortante. O desconhecido é uma porta fechada, nunca se sabe o que haverá atrás dela no momento que a abrirmos. E às vezes ela nos revela grandes e boas surpresas, somente é preciso ter coragem e desacomodar-se do seu território e deixar acontecer o novo.

No trabalho existe não uma necessidade, mas uma obrigação em desacomodar-se constantemente. É preciso estar sempre buscando inovações, reaprender o já sabido e estar aberto ao novo. Quem pára fica para trás e como as pessoas não querem ser atropeladas, vive-se constantemente a procura de algo que lhes traga aperfeiçoamento ou alguma melhora em qualquer sentido. Não há alternativa.

Ainda assim, algumas pessoas tentam nadar contra a maré valendo-se dos seus métodos antigos e tão válidos em algum tempo, mas não mais neste. Teimam em não andar para frente, em não procurar melhorar e acabam estacionadas, não indo a lugar nenhum.  Por que o medo? É algo que me pergunto sempre. É uma adrenalina necessária ao crescimento, assim como a criança que levanta do chão e dá o seu primeiro passo. Que importante é este gesto, tão simples, mas tão temeroso para aquele pequeno ser que se aventura ficar em pé e seguir andando em duas patas e não mais em quatro. Continuaríamos nos locomovendo em quatro patas se esta evolução não tivesse sido necessária deste há tanto tempo. E ainda hoje as pessoas resistem.

Mas como a fila anda e o mundo gira, bola pra frente que atrás vem gente. E gente que atropela.

51 3036.2650

Av. Nações Unidas, 2390 - Sala 504
Bairro Centro

Novo Hamburgo / RS

© Copyrights 2018.
Todos os direitos reservados.